22.7 C
Brasil
quarta-feira, maio 19, 2021

Adriane Galisteu revela bastidores e desafios do ‘Power Couple’: ‘Jamais penso em assumir o lugar do Gugu’

O público pediu e Adriane Galisteu se prepara para voltar em grande estilo à TV aberta neste domingo, 9. A apresentadora passa a comandar...

‘Pode ser um alento cheio de esperanças’, diz Herson Capri sobre reprise de ‘Era Uma Vez’

Paranaense de Ponta Grossa, o ator Herson Capri, de 69 anos, chamou atenção ao surgir na pele do poderoso sheik Aziz Abdallah, na novela “Órfãos da Terra” (2019), de Duca Rachid e Thelma Guedes. Mesmo não ficando até o final da trama, sua interpretação conquistou o público por possuir uma força dramática. Quem o viu nesse papel, vai se divertir em revê-lo em outro momento, um tanto diferente. A partir da segunda-feira, 4, começa a ser reprisada no Canal Viva o sucesso “Era Uma Vez”, com exibição às 12h30 e reapresentação na madrugada, à 1h15, de segunda a sexta-feira.

Exibido originalmente pela TV Globo em 1998, o folhetim foi escrito por Walther Negrão e teve direção de Jorge Fernando, Marcelo Travesso e Fabrício Mamberti. Com trama romântica, “Era Uma Vez” traz a história de Álvaro (Capri), viúvo com quatro filhos, que moram com ele em um sítio ao lado do avô, Pepe (Elias Gleizer). Ele precisa lidar com o sogro, o rico Xistus (Cláudio Marzo), dono de uma fábrica de chocolates, que contrata uma nova governanta para sua casa. Em breve tempo, Madalena (Drica Moraes) conquista a todos, principalmente as crianças e o pai delas, que já tem uma namorada, Bruna (Andrea Beltrão). E aí começa a ser traçada a trajetória dos personagens e suas ligações.

Confira a entrevista completa em que Herson Capri relembra momentos de “Era Uma Vez”:

Como foram as gravações? Algum momento ficou marcado para você? “Era Uma Vez” foi uma novela gostosa de fazer. Uma novela que traz a família e o afeto como eixos centrais. Tem um elenco com muitos talentos e uma reunião de pessoas incríveis como o querido Elias Gleiser, sempre alegre e brincalhão. Tem Andrea Beltrão e Drica Moraes, duas atrizes de alto nível além de pessoas muito especiais. Tinha Claudio Marzo, um grande ator e um ser humano generoso. E ainda Nair Belo, Diogo Vilela, Antonio Calloni, grande Yoná Magalhães, Flávio Migliaccio e as crianças, que trouxeram tanta alegria aos trabalhos. E mais um time de artistas e técnicos com quem dá vontade de trabalhar sempre. Eu faço um veterinário que cuida de cavalos de corridas, apaixonado pelos filhos e pela profissão. Nessa novela, precisei fazer várias cenas de treinamento de cavalos nas pistas de corridas. Foi emocionante.

Como é ver esse trabalho de volta à TV? Assistir à reprise de “Era Uma Vez” vai ser uma volta a um passado recente. Final do século 20. Final da década de 1990. Essa “volta ao passado” só é possível, com tanta nitidez e precisão, nas artes audiovisuais. O único problema é a gente se ver 22 anos mais jovem. A diferença é enorme (risos).

Por ser uma história de amor, acredita que se encaixa bem nesse momento de tanta insegurança e tão difícil pelo qual estamos passando? É um folhetim que pode trazer momentos leves e ajudar as pessoas esquecerem um pouco a situação? A novela é leve, suave, fala de amor e dos afetos em uma época sem Covid, quando a gente podia confraternizar e se abraçar sem medo. Acho que rever “Era Uma Vez” vai trazer a saudade de um tempo mais saudável e mais alegre. Pode ser um alento cheio de esperanças.

Como vê essas alternativas de reprisar novelas? As reprises são muito bem-vindas. Com elas, podemos acompanhar a evolução ou involução da qualidade das novelas e, portanto, da televisão brasileira. Rever colegas. Sentir os costumes e comportamentos da época. E as técnicas que estão constantemente em transformação. Só sinto falta de alguma boa tecnologia que faça com que as imagens antigas sejam melhoradas e conservadas. Como já existe no cinema.

Como tem lidado com a pandemia e o isolamento social? Tem aproveitado para fazer coisas que não tinha tempo? Estou em quarentena desde março passado. Estou praticamente isolado e só vejo a família. Saio só quando necessário, como ir a médico ou dentista. E só saio de casa com máscara, às vezes com duas máscaras, e sempre com álcool gel no bolso, que passo nas mãos e nos pulsos cada vez que toco em qualquer coisa. Estou me cuidando e cuidando para não ser transmissor. Aproveito o tempo para ler e pensar.

Você gosta de rever trabalhos antigos? Rever trabalhos antigos tem aspectos muito positivos. Já assisti à algumas cenas de reprises que, na época das gravações, eu não estava gostando do meu trabalho de ator, mas revendo passei a gostar do que eu tinha feito. Já me aconteceu também o contrário. Na época das gravações, eu me achar ótimo e depois, na reprise, detestar muito aquele meu trabalho. E assim a gente vai evoluindo. Então, a reprise pode ser uma revisão bastante positiva.

*Com informações da Agência Estado.

Latest Posts

Fintech que opera no Brasil desde outubro ganha aporte de R$ 210 milhões

A fintech australiana Stake acaba de receber um aporte de 210 milhões de reais para financiar seu processo de expansão global. A empresa, que desembarcou...

Diretor do ‘Power Couple’ revela qual casal protagonizou o ‘gemidão’ no reality; veja

Rodrigo Carelli, diretor do “Power Couple Brasil”, acabou com o mistério e revelou qual foi o casal que protagonizou momentos quentes dentro reality. A...

Facebook lança campanha contra exploração infantojuvenil

Em alinhamento com o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, neste 18 de maio, o Facebook e...

Plasfer: Sustentabilidade a partir da reciclagem

A Plasfer Healthcare Products & Solutions, uma empresa que ajuda diversos setores na reciclagem de seus produtos, diz que é por meio...

Ultimas Notícias

Caio se incomoda com vídeo exibido na final do ‘BBB 21’: ‘Estou muito chateado’

Quando Caio entrou no “BBB 21” e viu que Rodolffo era um dos participantes do grupo camarote, ele não escondeu que é um grande...

Fátima Bernardes chora ao falar de pandemia e Paulo Gustavo: ‘Mortes poderiam ser evitadas’

Fátima Bernardes começou o “Encontro” desta quarta-feira, 5, dizendo que era para ser um dia de festa, pois falaria da repercussão da final do...

Campeã do ‘BBB 21’, Juliette conta se já respondeu mensagem de Luan Santana

Assim como disse Tiago Leifert no seu discurso na grande final do “BBB 21”, Juliette pode ter sido perseguida e excluída na casa mais...

Salão do Automóvel: a importância da tradição e suas sedes

Fernando Siqueira Carvalho, grande entusiasta do setor automobilístico, diz que todos os anos, em várias cidades do mundo, acontecem os salões de...

‘B.O. favorito’, melhor casal e melhor feat: Veja as categorias do prêmio ‘BBB 21’

O Big Brother Brasil 2021 acabou nesta terça-feira, 4, com Juliette campeã com 90,15% dos votos. Mas ainda tem algumas emoções para os fãs....