22.7 C
Brasil
terça-feira, maio 18, 2021

Adriane Galisteu revela bastidores e desafios do ‘Power Couple’: ‘Jamais penso em assumir o lugar do Gugu’

O público pediu e Adriane Galisteu se prepara para voltar em grande estilo à TV aberta neste domingo, 9. A apresentadora passa a comandar...

YouTube ignorou alertas de funcionários sobre avanço de ‘vídeos tóxicos’

Criticado por permitir que vídeos de conteúdo falso ou questionável viralizassem, o YouTube ignorou por anos propostas dos próprios funcionários para frear o avanço desse tipo de material na plataforma, segundo uma reportagem da “Bloomberg” publicada nesta terça (2).

A liderança do site de vídeos estaria mais preocupada em turbinar o engajamento do público do que combater conteúdo extremista, conspiracionista e perturbador.

Segundo um ex-funcionário ouvido pela agência, o objetivo do YouTube era atingir 1 bilhão de visualizações por dia. Para isso, o site ignorou uma proposta de banir da aba de recomendações vídeos que estivessem perto de violar as políticas de uso da plataforma. Ao contrário, continuou a recomendar vídeos independentemente do seu potencial controverso.

“Posso dizer com muita confiança que eles [a chefia do YouTube] estavam errados”, diz um ex-funcionário ouvido pela reportagem. O texto também descreve como a equipe de moderação lutava para ter um orçamento maior mesmo operando com menos de 20 funcionários.

Os funcionários que não pertenciam à equipe de moderação eram desencorajados por advogados da companhia a realizar buscas por vídeos de conteúdo tóxico. A lógica era a de que a companhia poderia ser responsabilizada caso existisse provas de que funcionários da companhia tinham conhecimento desse material.

Um ex-funcionário diz que Susan Wojcicki, presidente executiva do YouTube, nunca tentou tornar as coisas mais favoráveis a limitação do conteúdo e que ela se preocupava apenas em administrar a parte de negócios da companhia.

À “Bloomberg”, um representante do YouTube disse que o site começou a tomar medidas em 2016 e passou a desmonetizar canais que promoviam conteúdos prejudiciais em 2017.

Em 2018, o YouTube passou a incluir um box de informações em vídeos conspiratórios e remover anúncios de conteúdo de potencial perigoso. Apenas em janeiro deste ano, parou de recomendar vídeos com este teor.

*Com Estadão Conteúdo

Latest Posts

Fintech que opera no Brasil desde outubro ganha aporte de R$ 210 milhões

A fintech australiana Stake acaba de receber um aporte de 210 milhões de reais para financiar seu processo de expansão global. A empresa, que desembarcou...

Diretor do ‘Power Couple’ revela qual casal protagonizou o ‘gemidão’ no reality; veja

Rodrigo Carelli, diretor do “Power Couple Brasil”, acabou com o mistério e revelou qual foi o casal que protagonizou momentos quentes dentro reality. A...

Facebook lança campanha contra exploração infantojuvenil

Em alinhamento com o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, neste 18 de maio, o Facebook e...

Plasfer: Sustentabilidade a partir da reciclagem

A Plasfer Healthcare Products & Solutions, uma empresa que ajuda diversos setores na reciclagem de seus produtos, diz que é por meio...

Ultimas Notícias

Caio se incomoda com vídeo exibido na final do ‘BBB 21’: ‘Estou muito chateado’

Quando Caio entrou no “BBB 21” e viu que Rodolffo era um dos participantes do grupo camarote, ele não escondeu que é um grande...

Fátima Bernardes chora ao falar de pandemia e Paulo Gustavo: ‘Mortes poderiam ser evitadas’

Fátima Bernardes começou o “Encontro” desta quarta-feira, 5, dizendo que era para ser um dia de festa, pois falaria da repercussão da final do...

Campeã do ‘BBB 21’, Juliette conta se já respondeu mensagem de Luan Santana

Assim como disse Tiago Leifert no seu discurso na grande final do “BBB 21”, Juliette pode ter sido perseguida e excluída na casa mais...

Salão do Automóvel: a importância da tradição e suas sedes

Fernando Siqueira Carvalho, grande entusiasta do setor automobilístico, diz que todos os anos, em várias cidades do mundo, acontecem os salões de...

‘B.O. favorito’, melhor casal e melhor feat: Veja as categorias do prêmio ‘BBB 21’

O Big Brother Brasil 2021 acabou nesta terça-feira, 4, com Juliette campeã com 90,15% dos votos. Mas ainda tem algumas emoções para os fãs....