25.8 C
Brasil
sábado, junho 12, 2021

Pesquisa: Conservadores costumam acreditar mais em fake news

Um novo estudo, publicado no periódico científico Science Advances, procurou investigar qual grupo, os liberais ou os conservadores, apresentam maiores chances de acreditar em...

Por que a plataforma de games Roblox conquistou a criançada

A indústria de games não apenas superou sem sustos a crise do novo coronavírus como foi amplamente beneficiada pela permanência obrigatória — e, por vezes, tediosa — dentro de casa. Sem poder brincar do lado de fora, crianças de todas as idades buscaram refúgio nas telas eletrônicas, que se tornaram ainda mais onipresentes durante a pandemia. Um dos “playgrounds” virtuais do momento chama-se Roblox, plataforma on-line com impressionantes 20 milhões de universos em formato 3D.

O segredo é o jeito de brincar: os mundos podem ser explorados por avatares criados pelos próprios jogadores e que lembram os inconfundíveis bonecos da Lego. A empresa Roblox Corporation calcula que três de cada quatro crianças de 9 a 12 anos utilizem a plataforma atualmente nos Estados Unidos. Só no terceiro trimestre de 2020 suas receitas saltaram 91% em relação ao mesmo período do ano anterior. A Roblox não revela estatísticas detalhadas sobre o Brasil, mas confirma que o país contribui com uma boa fatia dos mais de 36 milhões de usuários ativos por dia.

A simplicidade dos gráficos e o vasto cardápio são, de longe, os fatores mais atraentes do game. “Ao jogar, você facilmente entende por que o Roblox faz tanto sucesso”, diz o analista administrativo Leandro Amaral, de 37 anos, que criou, com o filho Gustavo, de 10 anos, um canal no YouTube para dar dicas sobre como aproveitar a plataforma. “O Roblox oferece milhões de opções a todos os gostos, de games de corrida a jogos de guerra, de moda a esportes. Por isso, as crianças se identificam.”

Disponível para Xbox, PC, MacOS, Android e iOS, a plataforma opera sob o modelo “freemium” — junção das palavras “free” (de graça) e premium. Ou seja: a versão mais básica é gratuita, mas é possível turbinar os avatares com produtos virtuais. Por meio de depósitos de dinheiro real (geralmente 5 a 20 dólares mensais), os pais podem adquirir para os filhos a moeda usada no jogo, chamada Robux, e comprar, por exemplo, armas ou roupas para seus personagens, além de desbloquear jogos exclusivos. Outra possibilidade de monetização, bastante explorada na pandemia, é alugar servidores para hospedar festas de aniversário virtuais. “Tivemos um rápido crescimento, já que nossos usuários estão cada vez mais on-line devido à Covid-19 ”, disse em entrevista recente o cofundador e CEO da empresa, David Baszucki.

O fato de os gráficos do Roblox serem simples, quase anacrônicos se forem comparados com os videogames mais modernos, propicia outro relevante diferencial: a possibilidade de não apenas vivenciar, mas criar uma aventura própria. São oferecidos tutoriais de programação para que até mesmo crianças possam montar os próprios mundos. A empresa informa ter mais de 2 milhões de desenvolvedores independentes (cerca de 30% começaram durante a pandemia), em sua maioria adolescentes ou universitários. Desse contingente, 345 000 fazem algum dinheiro com a iniciativa, mas as receitas devem ser divididas com a empresa. Os principais criadores podem ganhar até 1 milhão de dólares por ano. Em 2020, a Roblox prometeu pagar 250 milhões de dólares a seus desenvolvedores, mais que o dobro do ano passado.

Com sede em San Mateo, na Califórnia, a Roblox foi fundada em 2006, mas só nos últimos anos conseguiu rivalizar com gigantes como o Minecraft. Em fevereiro, quando obteve aporte de novos investidores, a empresa foi avaliada em 4 bilhões de dólares. Turbinada pelos fãs pandêmicos, dos quais 54% têm menos de 12 anos, a empresa decidiu abrir seu capital e pretende, no mínimo, dobrar o valor de mercado em 2021. O pedido formal de abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) foi enviado em novembro à SEC, órgão do governo americano responsável pela regulamentação de empresas de capital aberto. No documento, a companhia informou que seu fluxo de caixa subiu de 6 milhões de dólares nos nove primeiros meses de 2019 para 292,6 milhões de dólares no mesmo período deste ano. Apesar de certas preocupações, como o risco de que o engajamento diminua quando surgir uma vacina para a Covid-19, os analistas estão otimistas. A depender das crianças, e do desejo delas de viver novas aventuras — mesmo que virtualmente —, a Roblox terá vida longa.

Publicado em VEJA de 9 de dezembro de 2020, edição nº 2716

Continua após a publicidade

Latest Posts

Estreia de ‘Loki’ no Disney+ supera estreias de ‘WandaVision’ e ‘Falcão e o Soldado Invernal’

A estreia da série “Loki” parece não ter decepcionado o Disney+, isso porque o primeiro episódio da produção superou a audiência das estreias dos...

Colômbia: a rota de viagem dos sonhos

Se você é um viajante como Marcio Alario Esteves, provavelmente já se imaginou no Caribe Colombiano. Hoje, para auxiliá-los em sua próxima...

Renata Vasconcellos se emociona ao vivo no ‘Jornal Nacional’ e público reage: ‘Acabou comigo’

A jornalista Renata Vasconcellos precisou segurar o choro no “Jornal Nacional” da última quinta-feira, 10, ao anunciar um novo projeto da Globo que busca...

Jeff Bezos: Para o alto e avante

Iates e jatinhos todo bilionário tem. Já o dono da Amazon, Jeff Bezos, o maior de todos os ricaços, tem um foguete para chamar...

Ultimas Notícias

Pyong, Valesca Popozuda e Lucas Selfie estarão no ‘Ilha Record’; confira todos os participantes

O mais novo reality show da Record, o “Ilha Record” teve seus participantes revelados. A divulgação dos nomes foi feita por um portal administrado...

Glória Maria celebra volta à TV após vencer tumor e ser vacinada: ‘Quase não acredito’

A apresentadora Glória Maria celebrou nesta sexta-feira, 28, seu retorno à televisão. A jornalista se afastou do “Globo Repórter”, programa da Globo que apresenta...

Viciado no celular

Um dia percebi que não conseguia ficar sem celular. Um caos. Se estava lendo, dava uma pausa a cada página. Só para dar uma...

Estados Unidos retiram chinesa Xiaomi de lista de empresas mal vistas

Os Estados Unidos retiraram de uma de suas listas de empresas comerciais mal vistas a Xiaomi, do ramo da tecnologia, depois que um tribunal...

Jennifer Aniston e David Schwimmer revelam que se apaixonaram nos bastidores de ‘Friends’

O romance de Ross e Rachel quase migrou para a vida real, mas acabou não dando certo, pois, assim como costumava acontecer na série,...