26.1 C
Brasil
sexta-feira, maio 14, 2021

Fiuk desconversa sobre romance com Juliette fora do ‘BBB 21’: ‘Cheia de gente no pé dela’

Mesmo não sendo um dos favoritos da edição, Fiuk conseguiu chegar à final e ficou em terceiro lugar no “BBB 21”. Durante o café...

FaceApp volta a viralizar em 2020 e reacende preocupação com a privacidade

Brincar no FaceApp é muito simples: basta tirar uma selfie e envia-la para receber, em seguida, a imagem de si mesmo com uma simulação de como seria caso tivesse outra identidade gênero, envelhecido pelos anos, ou com um novo visual por meio das dezenas de modificações que a Inteligência Artificial (IA) contida no aplicativo consegue providenciar. O viral que retornou na última semana, em julho de 2019 já havia experimentado o mesmo sucesso, e de novo, milhares de pessoas, incluindo celebridades, passaram a compartilhar as suas “versões alternativas” nas redes sociais.

O aplicativo é grátis para celulares Android e iPhone (iOS), e foi desenvolvido pela empresa russa Wireless Lab que é, mais uma vez, alvo da discussão sobre suposto roubo de dados. Por isso, é importante tomar conhecimento sobre a Política de Privacidade e os Termos de Uso do FaceApp antes de baixá-lo na App Store ou na Google Play Store.

De acordo com o analista sênior de segurança da Kaspersky, Fabio Assolini, o app não possui nenhum item malicioso. No entanto, pelo fato da tecnologia de reconhecimento facial que permite as edições na face ser uma ferramenta usada principalmente para a autenticação de senhas, o usuário deve ter bastante cuidado ao compartilhar sua imagem com terceiros. “Temos que entender essas novas maneiras de autenticação como senhas, já que qualquer sistema de reconhecimento facial disponível a todos pode acabar sendo usado tanto para o bem quanto para o mal”, alerta o especialista da Kaspersky.

O início da reabertura em grandes cidades brasileiras, os embates dentro do Centrão e a corrida pela vacina contra o coronavírus. Leia nesta edição.VEJA/VEJA

Segundo Assolini, por utilizar Inteligência Artificial para fazer as modificações a partir do reconhecimento facial, a empresa dona do app pode vender essas fotos para empresas desse tipo. “Além disso, é preciso ter consciência que esses dados estão armazenados em servidores de terceiros, e que também podem ser roubados por cibercriminosos e utilizados para a falsificação de identidades”, acrescenta.

Por isso, o analista recomenda que, caso queiram entrar na brincadeira, os usuários precisam ficar atentos sobre a segurança do app e baixá-lo apenas de lojas oficiais. Ele também reitera a importância da leitura dos termos de privacidade de todos os apps para entender quais informações são solicitadas. “Mais de 60% dos brasileiros não leem esses termos e esquecem de pensar sobre como seus dados podem ser utilizados”, conclui Assolini.

Em 2019, quando o FaceApp estava no centro dos debates sobre privacidade, o senador democrata americano Chuck Schumer solicitou ao FBI que fosse investigado qual era o uso dado às imagens quando elas chegavam aos servidores da Wireless Lab. No mesmo período, no Brasil, o Procon pediu aos russos explicações sobre o que era feito com os dados de quem baixava o programa. Recebeu como resposta os termos que deveriam ser aceitos por quem queria instalar o app: “Os usuários disponibilizam o uso perpétuo, irrevogável, irrestrito e livre de royalties de todos os dados, que podem ser reproduzidos, modificados e distribuídos a outras empresas sem necessidade de permissão”.

Foi com esse documento em mãos que, em 30 de agosto, o Procon-SP decidiu emitir duas multas, no valor total de 17,7 milhões de reais, destinadas não à desenvolvedora do app, a Wireless Lab, e sim ao Google e à Apple, responsáveis por oferecer, em suas lojas, o download do FaceApp. O motivo é que o programa em questão está em desacordo com a legislação brasileira, pois não apresenta seus termos de uso e privacidade em português — só em inglês — e coleta dados sem dar explicações claras sobre o modo como pretende utilizá-los. Isso fere o Código de Defesa do Consumidor e o Marco Civil da Internet.

Depois das polêmicas, os termos do app se tornaram mais específicos e deixam claro que o FaceApp coleta e usa informações dos usuários. Sobre as fotos, o FaceApp declara que coleta apenas a imagem que o usuário escolheu modificar e que aplica criptografia, com chave armazenada no dispositivo, similar ao que ocorre nas conversas do WhatsApp. Também, existe agora a possibilidade de exclusão de informações, na área de suporte do aplicativo. Os dados das imagens e as fotografias enviadas são excluídas automaticamente entre 24h e 48h depois da última edição.

Continua após a publicidade

Latest Posts

Demitida da Record, Carla Cecato pede emprego pelas redes sociais: ‘Precisando’

A jornalista Carla Cecato foi demitida da Record TV após 16 anos na emissora e, nesta sexta-feira, 14, a ex-apresentadora do “Fala Brasil” usou...

Polêmico e erótico, ‘365 Dias’ terá sequências na Netflix e gravações já começaram

As sequências do filme polonês “365 Dias” já estão sendo gravadas e ao mesmo tempo. A Netflix anunciou as partes 2 e 3 da...

‘Power Couple’: Li Martins afirma que levou empurrão de Márcia Fellipe; veja

A convivência entre os casais no “Power Couple Brasil” já está gerando atrito e Li Martins começou a dizer na casa que levou um...

Equipe de Jéssica Mueller explica inchaço no rosto da participante em ‘No Limite’ 

A equipe da ex-BBB 18 Jéssica Mueller explicou na noite de quarta-feira, 12, o inchaço no rosto da participante em “No Limite“. Após a...

Ultimas Notícias

AO VIVO: Acompanhe os detalhes da grande final do ‘BBB 21’

A grande final do “BBB 21” chegou e os brothers Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette disputam o prêmio de R$ 1,5 milhão. Diferente...

Yahoo Respostas encerra as atividades nesta terça-feira

O Yahoo Respostas, um dos serviços de perguntas e respostas mais antigos da internet, encerrará as suas atividades de forma permanente nesta terça-feira, 4....

BBB 21: Fiuk admite que desconfiava de Juliette: ‘Achava que você criava situações’

Finalistas do “BBB 21”, Fiuk e Juliette relembraram, na madrugada desta terça-feira, 4, a relação conturbada entre os dois. Assim como Arthur, Projota, Lumena...

Após 27 anos de casamento, Bill e Melinda Gates anunciam divórcio

Nesta segunda-feira, 3, Bill Gates e Melinda Gates anunciaram que estão se separando. O divórcio foi confirmado por um comunicado publicado no Twitter. Com...

Viih Tube diz que não consegue rever brigas com Juliette no ‘BBB 21’: ‘Nunca me perdoarei’

Eliminada com uma das maiores rejeições do “BBB 21”, Viih Tube decidiu fazer uma carta aberta para Juliette, uma das finalistas da edição. A...