23.7 C
Brasil
quinta-feira, agosto 18, 2022

Amigos da onça? Quatorze famosos que eram unidos e hoje se detestam

“Éramos amigos e agora somos estranhos um ao outro”, escreveu o filósofo alemão Friedrich Nietzsche ao analisar como duas pessoas tão unidas podem, de repente, “seguir sua rota particular”, bem longe do caminho um do outro.

No universo artístico, onde a amizade é um artigo raro, há inúmeros casos de gente que foi da admiração ao ranço, da proximidade à máxima distância, do carinho ao desprezo. Selecionamos alguns casos.

Denílson e Belo – Eram brothers de alma. Tão unidos que em 1998 o então jogador de futebol comprou os direitos da banda de pagode Soweto, liderada pelo cantor. Pouco depois, Belo saiu em carreira solo e o grupo perdeu espaço no cenário musical e na mídia. Denílson acionou a Justiça por se sentir prejudicado financeiramente. O comentarista esportivo teve várias vitórias nos tribunais. Com as correções monetárias, a dívida de Belo chegou a R$ 5 milhões. Ele teve imóveis e cachês penhorados.

Ana Maria Braga e Leão Lobo – Tinham ótima sintonia no programa ‘Note & Anote’, na TV Record. A parceria profissional virou amizade, até que o jornalista apresentou um projeto de programa solo à direção do canal. A partir dali a relação desandou. Certa vez, ao ser confrontado por Ana Maria no ar, Leão saiu do estúdio chorando. Hoje, em entrevistas, ele fala abertamente de sua mágoa. A apresentadora prefere ignorar a polêmica.

Antônia Fontenelle e Luciana Gimenez – A atriz participou várias vezes do ‘Superpop’. Diante das câmeras, as duas sempre tiveram boa relação. A animosidade surgiu quando Jorge Kajuru, antigo desafeto de Gimenez, a chamou de “mulher de programa” em entrevista no canal de Antônia. Depois disso, elas trocaram farpas e houve até um embate na Justiça.

Anitta e Jojo Todynho – A sintonia surgiu na gravação do clipe de ‘Vai Malandra’. Foi o trampolim para a influenciadora ganhar fama nacional. No ano passado, a funkeira surpreendeu os fãs ao dar ‘unfollow’ em Jojo. Em resposta, a campeã de ‘A Fazenda’ disse que se abrisse a boca, a coisa ficaria feia, dando a entender que sabe algo comprometedor de Anitta. Desde então, o clima entre as duas está pesado.

Luana Piovani e Carolina Dieckmann – Eram ‘BFF’ (Best friends forever, amigas para sempre) desde que trabalharam juntas na minissérie ‘Sex Appeal’, na Globo, em 1993. Muitos anos depois, Luana se indignou com uma atitude de Carolina. Disse que não quer mais “brincar de ser amiga dela”. Não chegam a se odiar, porém, já trocaram indiretas algumas vezes pela internet.

 

Tiago Leifert e Casagrande – Pareciam grandes amigos quando faziam juntos o ‘Globo Esporte’. Na verdade, sempre foram desafetos. O ídolo corinthiano disse que o apresentador tentou ridicularizá-lo algumas vezes diante das câmeras. Em um evento, teria cumprimentado a todos e ignorado a presença de Casão. O abismo entre eles aumentou com a polarização política. O ex-jogador é abertamente de esquerda e antibolsonarista. Leifert disse que jamais votará em Lula.

Ana Hickmann e Chris Flores – A dupla era pura simpatia no estúdio do ‘Hoje em Dia’, na Record. Nos bastidores, pouca proximidade. O marido de Ana, o empresário Alexandre Côrrea, acusou Chris de falar mal de sua mulher pelas costas. Chris disse em uma entrevista que ficou deprimida em razão da convivência difícil na emissora. Mesmo após se transferir para o SBT, ela e Ana não conseguiram superar a animosidade.

Pelo visto, não há chance de esses famosos voltarem a ser amigos de fé e irmãos camaradas, como canta o rei Roberto Carlos. O poeta inglês John Keats estava certo quando afirmou que “a mágoa se agarra cruelmente a nós”.

 

spot_img

Ultimas Notícias