Hoje no Nagoya Grampus, do Japão, Jô foi um dos protagonistas não só da conquista do Paulistão daquele ano, mas também do Campeonato Brasileiro.

Eu entrei naquela falta ali para tentar defender. Quando o Arana tirou a bola e a bola subiu, eu vi o Maycon partindo em velocidade e na minha cabeça era que ele roubaria a bola. Eu estaria do outro lado sozinho e foi o que aconteceu. Tanto é que eu sai disparado pelo meio. O primeiro passe não foi, mas o segundo foi. E a importância de você receber informações sobre o adversário: sabia que o Prass abria as pernas quando sai para abafar o adversário. Pula para trás e abre as pernas. Cara a cara com ele, lembrei disso e bati por baixo. Sentimento maravilhoso contou Jô (confira o depoimento acima).

Palmeiras e Corinthians se enfrentam neste sábado, às 19h, no Pacaembu, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *